O ABC do Vapping - FAQ's sobre o cigarro electrónico

(foto de Alon | https://www.flickr.com/photos/photoloni/5981342851)

1 - O que é o cigarro eletrónico e qual é o seu propósito?

São controlados electrónicamente e utilizam baterias de lítio-ion, geram névoa pelo aquecimento de um líquido especialmente projectado para isso (e-líquidos), contendo ou não concentrações de nicotina. Os Cigarros electrónicos foram projectados para fumadores como um substituto dos cigarros (analógicos), permitindo satisfazer o desejo por nicotina de um modo mais saudável e seguro de uma forma o mais semelhante possível ao acto de fumar um cigarro.

2 - O que é o e-líquido?

Este é um líquido especial, que só se aplica aos cigarros eletrónicos. Ao serem inalados formam uma névoa devido ao aquecimento do atomizador. Contém (ou não) nicotina purificada em uma concentração segura (de 0% a um máximo de 3,6%) e substâncias, principalmente propilenoglicol (PG, Propileno Glicol) e / ou Glicerina Vegetal (VG). Contém também uma fragrância, com sabores semelhantes ao tabaco, ou um sabor diferente. Pode também incluir, mas não necessariamente, conservantes como o álcool etílico (etanol), intensificadores de sabor, como maltol, substâncias que regulam a densidade (viscosidade), por exemplo, água, álcool etílico (etanol), e substâncias que regulam a acidez (pH ) como o ácido málico. Como as substâncias formadoras de névoa, além de PG e VG, às vezes são usados também Dipropileno Glicol (DPG), Polietileno Glicol 400 (PEG-400).

3 - Porquê o principal componente dos e-líquidos é propilenoglicol ou glicerina, em vez de água limpa por exemplo?

Várias razões. Em primeiro lugar - viscosidade (comumente entendida como a densidade) de tal e-líquidos seria muito pequena e muito rápidamente poderia danificar o atomizador. Segundo - muitos componentes dos aromas são mais solúveis em álcoois (e este grupo de compostos orgânicos incluem glicóis e glicerina) do que na água. Em terceiro lugar - a água tem um ponto de ebulição muito baixo – a nuvem de vapor obtida poderia ser muito quente. E, finalmente, a quarta - a mesma nuvem seria muito fraca, rara.

4 - A nicotina em um e-líquido é cancerígena?

A nicotina, ao contrário da crença generalizada, não é um composto cancerígeno. Em um e-líquido não existem compostos cancerígenos. Claro que tem que lembrar-se que a nicotina é um composto altamente tóxico quando não doseado.

5 - Qual é o maior teor de nicotina no e-líquido que pode ser considerado como mais seguro para o vaper?

Não pode-se responder a esta pergunta de forma inequívoca, no entanto, concluiu-se que a concentração máxima tolerada para vapers é de 36 mg / ml. E-líquidos e soluções base com concentrações superiores a 36 mg / ml podem ser usadas somente após diluição conveniente.

6 - Quais são as razões para aderir aos electrónicos?

Acima de tudo, pela sua saúde. Os principais riscos de saúde relacionados com o tabagismo referem-se às doenças do sistema cardiovascular, enfarte do miocárdio (ataque cardíaco), doenças respiratórias como a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) e Enfisema, e Cancro, particularmente Cancro do Pulmão, da Laringe e da Boca. Estima-se que as doenças relacionadas ao tabagismo mataram em 2010 seis milhões de pessoas em todo o Mundo, doze mil em Portugal. O tabaco é composto por: Alcatrão, Nicotina, Ácido cianídrico, Monóxido de carbono, Compostos cancerígenos... Além destes produtos químicos, o tabaco tem altas quantidades dos isótopos radioactivos: Polônio-210 e Chumbo-210. De todas as substâncias prejudiciais à saúde encontradas num cigarro convencional, o Cigarro Electrónico apenas contém Nicotina (nas versões com Nicotina), tal como os produtos farmacêuticos usados para deixar de fumar. Os restantes ingredientes da solução líquida de um cigarro electrónico são totalmente inofensivos para a saúde, sendo Propilenoglicol o ingrediente em maior percentagem, responsável pela criação da névoa que simula o fumo de um cigarro convencional e pelo transporte da nicotina (quando existente) até aos pulmões. Não é inflamável, eliminando as mais de 4000 substâncias químicas. Elimina também o risco de incêndio. Não é prejudicial para as pessoas em redor – não existe fumador passivo e pode ser utilizado de forma segura em locais designados por “não fumadores”.

7 - Qual a quantidade de nicotina contida na névoa criada pelo cigarro electrónico?

A névoa respirável contém um teor muito baixo de nicotina, porque aproximadamente 97% é absorvida pelo corpo quando “traga”.

8 - A névoa (vapor) continua a ter um cheiro desagradável, como nos cigarros (analógicos)?

Não, sem odor. No entanto, certos odores, não necessariamente desagradáveis, podem ser perceptíveis. Alguns e-líquidos contêm fortes aditivos aromáticos, que podem criar um perfume delicado flutuando na névoa. Geralmente não é percebido pelas pessoas que rodeiam um vaper como um desconforto, mas mais como uma curiosidade.

9 - O corpo e roupas de um vaper têm um cheiro desagradável, como depois de fumar?

Não, porque a nicotina purificada em um e-líquido é inodora.

10 - É o cigarro electrónico uma alternativa mais barata do que fumar?

Não nos primeiros dias de uso do Cigarro Electrónico. Normalmente, os benefícios financeiros pode ser sentidos dentro de 2 meses, mas eles são claramente sentidos em 6 a 8 meses. Aquisição de conhecimento e experiência, podem afetar a redução de custos, por exemplo, fazendo a escolha mais adequada do primeiro kit.

11 - Existem diferenças nos e-líquidos vendidos no mercado, e se assim quais?

As diferenças nos e-líquidos vendidos no mercado são consideráveis, e as básicas são:
- Teor de nicotina diferentes;
- sabores diferentes: fruta, tabaco, menta, chocolate, café, baunilha, etc. Actualmente, existem centenas de sabores diferentes de e-líquido;
- os vários componentes que causa a névoa / vapor, sobretudo propilenoglicol (PG, Propileno glicol) e glicerina vegetal (VG, Glicerol Vegetal). Esses ingredientes também podem ser combinados em várias proporções;
- finalidades diferentes: prontos a vaporizar ou aromas para misturar com base.
- fabricantes diferentes. E-líquidos são na sua maioria fabricados na China em grandes empresas especializadas em sua fabricação. Há também outros fabricantes, tais como Halo (Americana) entre outros.

12 - O que deve ser levado em conta na escolha de um e-líquido?

Pergunta muito difícil. Podemos perceber que o sabor dos primeiros e-líquidos, especialmente o tabaco, tem muito pouco a ver com o seu nome. Deve-se ter em mente que a compra de um líquido chamado X, não significa que sabe exactamente ao verdadeiro X. A única maneira de encontrar o seu próprio sabor é um método de tentativa e erro. Vale a pena comprar vários sabores diferentes de uma única fonte, tente e escolha o mais adequado ao seu gosto.
E aqui surge a pergunta sobre a fonte. Uma coisa muito importante. Deve rever as opiniões de outros usuários de Cigarros Electrónicos, que em muitos casos, dá-nos uma boa pista.
É claro que, após a eleição do sabor, falta escolher a % de nicotina, mas essa questão é descrita em outras partes do ABC.


13 - Quais os factores que influenciam o chamado vapor “fumo”?

A quantidade de névoa ("vapor") produzida pelo Cigarro Electrónico depende:
- Modelos de Cigarros Electrónicos
- a carga da bateria,
- como "tragam" (principalmente em termos de duração da inalação)
- a composição do líquido (Glicerina Vegetal (VG) causa mais vapor)
- o desgaste do atomizador / cartomizador;
- o estado do cartucho;
- temperatura ambiente.

14 - Quais os factores que afectam o chamado Throat Hit (TH)?

Sensação na Garganta
O "TH" nos analógicos é principalmente atribuível à presença de alcatrão e ao monóxido de carbono. Todas estas substâncias nos e-líquidos não existem, por isso geralmente o resultado do "TH" é mais suave. Certamente afecta a quantidade de nicotina, bem como a presença absoluta de tabaco. Efeito também bastante considerável de "TH" é a presença de mentol.


15 - Existem Cigarros Electrónicos fabricados em outros países além da China?

Praticamente todos os Cigarro Electrónicos disponíveis para compra são fabricados na China, alias foram os chineses que os inventaram. As exceções são chamadas MODS, criados por entusiastas. Mas mesmo essas soluções utilizam atomizadores e cartomizadores, que não são produzidos em qualquer lugar fora da China. Teoricamente é possível produzi-los em outro país, mas o custo de produção, vai fazer esse projecto tornar-se practicamente inviável.

16 - Onde é proibido fumar, podemos vaporizar?

Em princípio, sim. Ainda não há leis que proibam vaporizar em certos lugares ou situações. De momento vai mais do bom senso de cada um.

17 - Como escolher o teor de nicotina nos e-líquidos para obter o equivalente aos analógicos?

Aqui estão alguns exemplos:
E-líquido em virtude de (nicotina) 2 mg / ml (0,2%) é o equivalente a um cigarro contendo 0,1 mg de nicotina / cigarro,
4 mg / ml (0,4%) - 0,2 mg / cigarro,
6 mg / ml (0,6%) - 0,3 mg / cigarro,
8 mg / ml (0,8%) - 0,4 mg / cigarro,
11 mg / ml (1,1%) - 0,55 mg / cigarro,
14 mg / ml (1,4%) - 0,7 mg / cigarro,
16 mg / ml (1,6%) - 0,8 mg / cigarro,
18 mg / ml (1,8%) - 0,9 mg / cigarro,
24 mg / ml (2,4%) - 1,2 mg / cigarro,
36 mg / ml (3 , 6%) - 1,8 mg / cigarro.
Estes valores devem ser considerados aproximados, porque a quantidade de nicotina que o seu corpo absorve do tabaco dos cigarros, varia dependendo de vários fatores, incluindo a tecnologia utilizada na sua produção.
O teor de nicotina nos e-líquidos, por exemplo, 18 mg (1,8% de nicotina) é sempre dada em termos de 1 ml de E-líquidos.

18 - Usando Cigarros Electrónicos podem ocorrer overdoses de nicotina?

Sim, é claro que pode ter uma overdose, assim como com qualquer outra substância. Normalmente, no entanto, acabam logo no início porque o próprio corpo vai começar a enviar sinais de alerta. Para tornar a dose letal, teria que consumir 2-3 ml de e-líquido em menos de 1 minuto, que é impossível. Claro, essa quantidade pode ser facilmente engolida, mas isso já é outra questão.

19 - Quais são os sintomas de excesso de nicotina?

Os sintomas mais característicos: tonturas, sensação de desconforto no estomago (e muitas vezes diarréia), tremor, fraqueza, visão turva raramente. Pressão mantém-se inalterada ou aumenta devido às emoções. Em um vaper a overdose de nicotina é “mais fraca” (porque não há o monóxido de carbono) sensação de aperto na cabeça, excitação (por exemplo, dificuldade em dormir). Claro que não deve ignorar estes sintomas. No entanto, eles são reversíveis, simplesmente interrompa o consumo de nicotina, no futuro, vaporize % menores de nicotina em seus e-líquidos.

20 - Se é um não-fumador, pode usar os cigarros electrónicos com e-líquidos sem nicotina?

Não, ou melhor, não deve. Se não fuma não vale a pena vaporizar, pois há sempre um risco de experimentar os e-líquidos com nicotina ficando assim com uma grande chance de viciar-se. Os Cigarros Electrónicos destinam-se a ajudar quem pretende parar de fumar ou encontrar um substituto ao tabaco convencional.

21 - Como conservar os e-líquidos?

Os e-líquidos ficam melhor armazenado bem fechados em local fresco, ou à temperatura ambiente, protegido da luz. Um bom lugar é uma gaveta, armário fechado, ou mesmo a embalagem original fechada.

22 - Qual é a validade dos e-líquidos e quais os factores que afectam a redução da sua qualidade e durabilidade?

Uma grande maioria dos e-líquidos no mercado não necessitam de validade pois não são compostos por nada que degrade-se com o tempo, mas por norma, recomenda-se uma validade máxima de 2 anos. No entanto, os e-líquidos não podem ser expostos ao calor excessivo e á luz, como perto de uma janela, perto de uma televisão, aquecedor.

23 - O que é o "fumo" de um cigarro eletrónico?

Na verdade, não é fumaça, mas sim névoa proveniente do aquecimento do e-líquido, incluindo os seus componentes. Muitas vezes, a névoa é chamada incorretamente de fumaça ou vapor. A névoa do cigarro electrónico não contém quaisquer produtos nocivos.

24 - Será que o sabor de "tabaco" do cigarro electrónico é o mesmo sabor da queima do tabaco em um cigarro analógico?

Não, embora possa ser muito semelhante.

25 - E-líquidos com diferentes % de nicotina, sabores e de diferentes fabricantes podem ser misturados?

Sim, pode misturar diferentes tipos de e-líquidos independentemente do fabricante ou do sabor, obtendo assim sabores diferentes.

26 - Todos os modelos de Cigarros Electrónicos refletem igualmente o sabor dos e-líquidos?

Não, diferentes modelos de Cigarros Electrónicos refletem de formas diferentes o sabor dos e-líquidos. Depende principalmente da temperatura de aquecimento do atomizador, que pode ser dentro de certos limites variando conforme o modelo de Cigarro Electrónico.

27 - Quanto tempo dura um cigarro electrónico até ser necessário carregar a bateria?

Depende da freqüência de utilização e da capacidade da bateria e pode variar de uma a várias horas para as baterias com uma capacidade de 150-240 mAh (Cigarros Electrónicos semelhantes ao cigarro analógico) e de várias horas a vários dias em baterias de 650-1100 mAh (Cigarro Electrónicos em tamanhos maiores).

28 - É o Cigarro Electrónico capaz de satisfazer o desejo de fumar como um cigarro normal?

Sim, depende da quantidade de nicotina usada nos e-líquidos equivalente à dos cigarros regulares (analógicos), mas no início pode sentir algum desconforto devido ás milhares de substâncias contidas no cigarro regular. Dando algum tempo para acostumar-se e escolhendo o nível de nicotina mais adequado a si, irá satisfazer totalmente o desejo de fumar como em um cigarro normal. Algumas pessoas quase imediatamente, outros após alguns dias, outras vários e vários dias depois.

29 - Os melhores cigarros electrónicos são os automáticos (sem botão) ou os manuais (com botão de accionamento) ?

Embora uma grande maioria prefira os cigarros electrónicos com botão de accionamento, não deixa de ser uma escolha pessoal.
As vantagens com botão são as seguintes:
- Chances bem menores de inundar a bateria causando uma pior operação da bateria ou até mesmo danos permanentes;
- a possibilidade de pré-aquecimento do e-líquido pressionando com uma ligeira antecedência (antes de vaporizar) e obter assim mais vapor
- Sem necessidade de “tragar” com mais força
- Não acciona sob a influência de ruído, vibrações, etc.
As desvantagens incluem:
- a necessidade de pressionar o botão, que pode perturbar aqueles que preferem manter o cigarro electrónico na boca sem tocar com as mãos
- requer tempo para se acostumar a pressionar, mas que vem com facilidade e muito rapidamente
- a possibilidade de accionar o botão acidentalmente, por exemplo quando o guarda no seu bolso, mas existem “tampas” de protecção, e alguns dos mais recentes modelos oferecem botão de bloqueio por exemplo.
As vantagens superam as desvantagens e por isso muitos fabricantes desistiram das baterias automáticas.

30 - A "fumaça" do cigarro electrónico é vapor de água?

Não, embora seja muitas vezes erroneamente alegado. Não é nem fumo, nem é vapor, mas sim uma névoa densa, que contém os componentes do e-líquido, principalmente do propilenoglicol e da glicerina. O e-líquido até pode não conter água, e se tiver, apenas tem uma percentagem muito pequena. Mas normalmente todos os vapers chamam de vapor.

 


Compartilhe esta postagem


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados